sexta-feira, 26 de abril de 2013

5º Domingo da Páscoa

 
28 de abril de 2013
Ano C - Branco
“Eu vos dou um novo mandamento: amai-vos
uns aos outros.”
ACOLHIDA
Com: Bom dia (Boa Noite)!
Talita: (tristonha) Hum!hum!Bom dia.
Com:  Ué amiguinha, o que foi?
Talita: Não estou passando dias muito bons. Parece que tudo está dando errado. Tô até desanimada.
Com:  Não fale assim amiguinha. Tenha fé e confie no Senhor.
Talita: Mesmo com esse tanto de tribulações?
Com: Sim, as tribulações devem servir para aumentar nossa fé. Sabe de uma coisa amiguinha?
Talita: o quê?
Com:  (cantar) Tudo é possível se você cre em Deus (2x). Fé move a mão de Deus, sua palavra é viva, tudo é possivel se você cre em Deus.
Talita: (respira fundo) Você tem razão. Pra Deus nada é impossível. Mas, eu preciso acreditar né?
Com:  É sim, vamos apresentar nossos problemas, nossa casa, família, todas as tormentas nas mãos do Senhor? Põe a mão no seu coração e agora apresenta a Deus tudo que tem sido difícil pra você. (em silencio) Agora vamos com alegria receber o padre.....

EVANGELHO: - Jo 13,31-33a.34-35

(contar a história abaixo com alegria e motivação. Se quiser busque ilustrações que sirvam para mostrar as crianças enquanto conta a história.)

Havia numa cidade bem perto daqui, um homem muito rico e bastante egoísta. Não tinha tempo pra família e não aceitava o amor em sua vida. Quando era criança ele fez catequese e ouviu falar de Jesus, mas se recusava a acreditar que Jesus e o que ele ensinou existia até hoje no meio de nós.

Certo dia ele saiu do seu trabalho tarde da noite e viu próximo ao seu carro um menino. Pensou que fosse um ladrão e foi logo gritando com ele: ei moleque! O menino assustado e com medo saiu correndo, pisou em um buraco e caiu ao chão se machucando. O rapaz ficou comovido e arrependido e então foi até o garoto e ajudou-o a se levantar. Vendo-o ferido perguntou: onde moras? vou levá-lo a sua casa.
O menino explicou o caminho. Durante o trajeto o menino se admirava com a beleza da cidade, das luzes e seus olhinhos brilhavam.Quanta coisa linda dizia. Quando chegarm peiu ao rapaz se pudesse permanecer en frente a sua casa por apenas um minuto. O rapaz ficou desconfiado mas esperou. O menino correu para dentro de casa e logo saiu com sua irmazinha no colo pois ela não podia andar.Os dois sentaran-se na calçada e o emnino foi dizendo: viu menina não te falei que Deus existe e que eu um dia ia realizar meu sonho de passear de carro pela cidade. Ontem a noite eu pedi pra ele e hoje ele já me atendeu. Eu falei que você ia conhecer o carro? Aquele ali é o moço bondoso que me trouxe aqui.
Naquele instante o homem percebeu a presença do menino Jesus naquela criança e entendeu a riqueza do amor ao próximo e apartir daquele dia se decidiu a amar as pessoas de uma forma nova, diferente, sem medo ou preconceitos, como Jesus havia feito e ensinado a gente a fazer.
Jesus nos ensinou que devemos amar o próximo como a nós mesmos. quando fazemos isso, somos reconhecidos na comunidade como discípulos de Jesus. Amém?

PARA REFLETIR:
(desenhar dois corações, 1- triste, abatido, ferido e outro forte e sorridente)

Com: Quando nascemos Deus nos cria com amor e para o amor. Mas as vezes, vacilamos na fé e nosso coração fica assim triste, ferido, desanimado. nessa hora damos espaço para as reclamações, os palavrões, as mentiras e o pecado acaba tomando conta de nós.Devemos deixar isso acontecer? Não, precisamos ser corajosos e pedir a Jesus nosso Senhor e salvador que nos lave desse pecado e nos dê um coração forte e decidido a amar.
video

quinta-feira, 18 de abril de 2013

4º Domingo da Páscoa



21 de abril de 2013

“Eu conheço as minhas ovelhas e elas me seguem.”


1.AMBIENTAÇÃO E ANIMAÇÃO: –  Olá, queridas crianças. Sejam todos muito bem vindos a nossa salinha, vamos cantar para aquecer nossos corações da presença de Deus.(cantos sugestivos neste blog)
SINAL DA CRUZ: Com o coração aquecido, cantemos o Canto do Sinal da Cruz ( Em nome do Pai... Em nome do Filho...)

2.PREPARAÇÃO PARA O EVANGELHO:

Hoje eu vou cantar uma música conhecida de vocês e, depois que eu cantar, vou fazer umas perguntinhas para saber quem prestou atenção na letra da musica. Está bem! Vamos lá?
CANÇÃO:

Eu sou a ovelhinha, Jesus é meu pastor.
Ele me põe nos ombros com muito amor
Me chama pelo nome e eu conheço a sua voz
Ele ama seu rebanho e a cada um de nós (bis)
Me chama pelo nome e eu conheço a sua voz
Ele ama seu rebanho e a cada uma de nós
Cada um cada uma...
Cada um cada uma....

PERGUNTAS:
Quem sabe me dizer quem são as ovelhinhas?(Nós)
E quem é o pastor?(Jesus)
O que o pastor faz com suas ovelhinhas? (Nos carrega no ombro)
O que o pastor sente pelas ovelhas? (Ele as ama)
E como é que Ele nos conhece? (Pelo nome)
Mas será que Ele sabe quem é o _______, quem é a _____________ (nomes das crianças que participam da salinha) Claro que sim, pois Ele nos conhece profundamente.
Estava aqui pensando, ovelhas ficam no pasto e lá também tem seus perigos, imaginem se algum lobo mal, que gosta de pegar as ovelhinhas aparecer? O que é que o pastor fará com ele? Será que Ele nos abandonará a própria sorte? Ou será que nosso pastorzinho irá cuidar de nós, afastando o lobo pra bem longe?

Pois é isso mesmo, crianças... Hoje nossa celebração irá nos falar justamente sobre isso, Jesus nos fala que é o nosso pastor, que dá a vida por nós, que sabe nosso nome e que nos livra do mal que é ladrão de ovelhas. E nós amamos nosso pastorzinho, não é mesmo? Porque hoje Ele também nos revela que Ele e o pai (que é Deus) são só um.

Por isso, vamos meditar através das gravuras o evangelho de hoje.

3.EVANGELHO:  JO.10, 27-30 – “Minhas ovelhas ouvem a minha voz”

Cena I -





Cena II -




Cena III -




— Naquele tempo, disse Jesus:
27“As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem. 28Eu dou-lhes a vida eterna e elas jamais se perderão. E ninguém vai arrancá-las de minha mão.
29Meu Pai, que me deu estas ovelhas, é maior que todos, e ninguém pode arrebatá-las da mão do Pai. 30Eu e o Pai somos um”. 
- Palavra da Salvação. 

- Glória a vós, Senhor.

Façam a oração comigo: rezarmos juntos uma pequena oração em agradecimento ao nosso bom pastor
Oração :
Senhor Jesus, meu bom pastor...
Como ovelhinha que sou
Sinto-me agradecida ao Senhor
Por saber que sou protegido (a) e amado (a)
Obrigado por toda a proteção e todo carinho
Prometo sempre seguir seus caminhos
E estar sempre juntinho de seus ensinamentos
Ajude-me, senhor, que todos os meus irmãos.
Mais afastado do rebanho e longe de ti
Tenham a alegria de retornar ao caminho. Amém.
3.HISTÓRIA DA SEMANA – O BOM PASTOR ( sugestão de dramatização).
Narrador – Era uma vez um pastor que cuidava de seu rebanho com muito amor. Conhecia cada ovelhinha pelo nome... Sabia história toda de cada uma delas e sempre procurava ensinar tudo de bom que sabia para elas
(Entram cantando... eu sou a ovelhinha... Jesus é meu pastor).
Narrador – E como eram muito tagarelas falavam sem parar:
Andréia – Venham ,Pipolete , Popolete , Priscilete , Ovelhete e Lorenzeti . É hora de conversarmos com o pastorzinho. Chegou o momento de nossa lição matinal
Narrador - E era assim toda tarde, o pastor reunia as ovelhinhas e com elas conversava
Pastor – ( ele senta e faz a roda em volta dele de ovelhinhas ) Minhas ovelhinhas, eu sou o bom pastor .. se preciso for estou disposto a dar a minha vida por qualquer uma de vocês .. Eu as conheço como a palma de minha mão e quero sempre conduzi-las a uma vida cheia de amor e alegria. Eu sou o bom pastor que amo a cada uma de vocês.
(As ovelhas berram com carinho juntinhas e bem melosas )
Pastor – Mas hoje eu quero preveni-las de um grande perigo que está rodando vocês que é o lobo mal que só faz sofrer quem feliz é
Popolete - Ahahahaha pastorzinho .. tô com medo .. tô com um medão danado, tenho medo de lobo mau que quer comer a gente ( começa a chorar)
Pastor - Mas não é preciso tanto medo ! Basta que fiquem juntinhas e ouçam sempre só a voz do pastor. Eu as protegerei de todo perigo ... mesmo se este for algum lobo maldoso e queria desviar vocês do caminho , pois estes lobos são salteadores da alma .. do coração ... querem levá-las sempre para o mal caminho ...conduzi-las para longe de minhas pastagens .. muitas vezes , queridas ovelhinhas .eles se disfarçam de bonzinhos só pra enganar e destruir e ,o pior ... podem até matá-las... mas eu estarei aqui pra protegê-las, quem tem pastor não deve temer o lobo mau.

Lorenzenti e Priscilete – Pastorzinho ... pastorzinho ... nunca nos deixe sozinhas !!!
Pipolete – Eu estou com tanto medo .. vejam só ... eu estou tremendo
Marcela - - já lhes disse .. estou aqui para protegê-las e se preciso for dou a vida por vocês . Mas , por hora , vou ter que ir olhar minhas outras ovelhas que estão em outra pastagens , logo aqui pertinho .. e deixo aqui a Ovelhete ( Sarah), que já quase formou na escola do bom pastor , tomando conta de vocês
Ovelhete – Pode deixar chefinho.. tô pronto pra vigiar .. e se algum lobo se aproximar dou-lhe umas cacetadas no ombro que não vai sobrar osso sobre osso . Porque eu sou o guardião das ovelhas desprotegidas e sozinhas. Pode ir descansado meu amigo, elas estarão em ótimas mão. Pode confiar .
Pastor - – Então, Ovelhete , eu confio a você a missão de cuidar das minhas ovelhas . Fique de olhos bem atentos e cuidando das minhas doces ovelhinhas
Ovelhete -– Vai tranquilo ,chefinho
Narrador – E o pastor foi embora . Mas pipolete ainda não é um bom pastor.. Será que ele irá dar conta de sua missão ? Ihhhhhh acho que não . Vejam só crianças mal o pastor foi embora e Ovelhete já parece cansada
Ovelhete – Ora ... o pastor é muito exagerado com tanta vigilância . Esse serviço é uma moleza.( abre a boca ) dá até pra tirar um cochilo (ressona ). Acho melhor ficar parado aqui, não ! Melhor mesmo é ficar deitado.. e, de preferência de olhos fechados e vê se não amola senão eu dou nessas ovelhas um cascudo.
Narrador – E logo que Ovelhete cai no sono vejam só quem aparece ....o lobo ... o lobo , o lobo mau crianças
Lobo – Quem tem medo de lobo mau .. lobo mau ... lobo mau
Eu sou o lobo mau.
Vou comer as ovelhinhas .
Sou maldoso, sou guloso ,
Vou traçar as coitadinhas rararars
( e esfregando as mãos vê a Ovelhete dormindo e dirige a uma ovelhinha que pastava distraída , longe das outras
lobo – obaaaaaaa. Carne frescaaaaaaaaaa!!! Vou tirar a barriga da miséria . Olá, ovelhinha?!
Priscilete - Que susto quem é você ? De onde veio? Você é tão esquisito
Lobo – Calma..uma pergunta de cada vez, gatinha !!!
Eu sou o vizinho aqui do lado oò ( aponta pra todos os lados )
Dono desse pasto verdinho a perder de vista.. Quero só comê-las , quer dizer .. conversar com você .. falar de minha vida .. de meus sonhos .. ( Eu tenho tanto a lhe falar , mas com palavras não sei dizer , como é grande a minha boca pra te comerrrrrrrrr)
Priscilete -Ora, o pastor disse que não é bom conversarmos com os estranhos , toda criança sabe não é, crianças , a gente pode ficar dando papo pra quem não conhecemos ?
Lobo – Larga de seu boba . Não seja por isso. Muito prazer... o meu nome é lobo Panção ( é que me chamam assim desde pequeno , porque eu tenho uma pança que cabe um elefante rarararars )
Priscilete – Anhan ... prazer Senhor Panção , meu nome é Priscilete , a ovelhinha ...
Lobo – OH , ovelhinha ,sabe que nem tinha reparado nisso ?Agora que já somos amigos quero te dar um presente .. Quero levá-la para conhecer meu pasto verdinho .. a grama é macia e tenra e tão apetitosa , o meu pasto sempre é melhor do que do vizinho .
Inês -Ah não sei .. acho que não devo ir ... o pastor falou ...
Lobo – Que pastor o que ... cadê ele aqui pra te defender ?Deixa de ser boba Priscilete, veja como está apetitosa minha grama ... não vou fazer mal nenhum a você
Inês – Não sei,não sei... o que vocês acham crianças que devo ir com ele ? Então está bom... só um pouquinho não faz mal
Lobo – Sua Priscilete boboca ; agora você vai entender porque me chamam de Panção haghaha... vou fazer de você um ensopadão ( amarra A Priscilete , ela grita por socorro )
Inês - b´´eeéé´´éé´´é´´eé´socorro please ...
Narrador – As ovelhinhas ouvem os gritos de pedido de socorro de Priscilete e vão acordar a Ovelhete
Lorenzetti – Acorda preguiçosa! Veja , nossa irmã está em perigo !!!
Popolete – Ajude nossa irmã , ela vai morrer , o lobo mau quer matá-la . Vamos rápido.
Ovelhete – Quem eu ? Eu não , eu nem sei o que é isso salvar . Por acaso estão me achando com cara de corpo de bombeiro??? Liga pra 190 que eu to dando no pé....
Narrador – Vejam só , crianças ... ela fica apavorada por não ter vigiado bem as ovelhinhas e fugiu , aquela covarde .. fugiu pra bem longe , aquela mercenária. Mas , vejam só quem apareceu !!?? O pastorzinho !!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Pastor - Mas o que está acontecendo .. vim logo que escutei os berros ..
Todas as ovelhinhas ( falando de uma vez só ) Ò pastorzinho .. a Priscilete está em apuros .. parece que o lobo pegou-a
Pastor - – Ohhhh nãooooooo.Vou salvá-la daquele lobo mau de tê-la enganado .. Aquele pançudo ...
Narrador ... Enquanto isso o lobo afia a faca ...e Priscilete grita que grita
Ovelhas – Cuidado , pastorzinho , o lobo é mau ele pode matá-lo
Marcela – Eu dou a vida pelas minhas ovelhas .. fiquem despreocupadas , pois vou salvar a Priscilete e ainda darei uma lição no pançudão .
Priscilete – Oh .. porque não ouvi meu bom pastor .. deixei a segurança do meu pasto , agora estou frita , assada ... sei lá mais o que...
Lobo – Fecha esse bico, sua Priscilete bobocona ... agora é pra valer .. Escuta só o ronco da minha barriga
Inês - - "Tá alto né ..
Lobo – "Tá e eu vou acabar com ele agorinha mesmo , se prepara pra morrer
Priscilete – Ave Maria
Lobo – Agora você reza né .. e é um ... ( que isso que vocês estão gritando atrás de mim ) e é dois e é ..............aiaiaiaiaiaiaiaiaiaiaiaiai
Pastor – Toma mais uma seu lobo malvado , comigo não , eu cuido das minhas ovelhas , cai fora desse redil pra sempre ( acerta a cabeça do lobo e o lobo desmaia ) Venha Priscilete, minha doce ovelhinha , eu te amo e a todas vocês também.
Priscilete -Que alegria.. eu sabia , bem lá no meu fundinho eu sabia que o senhor viria me salvar ( chega todas as outras ovelhinhas e fazem a festa ...
Narrador – Pois é, crianças ... todos nós precisamos estar vigilantes e, quando percebermos que algum amiguinho nosso está em perigo, precisamos também ser bom pastores para com ele e sempre confiarmos nos ensinamentos do grande pastor que é Jesus, pois é Ele quem dá a vida por todos nós
4.ATIVIDADES:
a) Pintura alusiva
b) Brinquedos para os menores
c) Brincadeira: A Ovelha e o Lobo
Crianças organizadas em dois grupos com o mesmo número ( ovelhas e lobos), separadas – um de cada lado da sala tendo uma marca no meio. De um lado estarão as  ovelhas a berrar, estas chegarão bem no limite da linha, enquanto do outro lado da linha estarão os lobos, em silêncio aguardando o sinal de ordem para pegá-los. Quando a catequista falar “Já”, as ovelhas retornarão para sua marca ( pique) e aquelas que forem tocadas  pelos “lobos” ficarão com “1 ponto negativo”. Ao final da brincadeira recebem uma salva de palmas as crianças que não foram pegas nenhuma vez.
Atenção: As regras deverão ser claras ( basta relar, porque é uma brincadeira de pega-pega. Eles adoram, porém a catequista deverá tomar o cuidado de não permitir exageros).
CONCLUSÃO:  As ovelhas representam cada um dos cristãos, que são felizes e cheios de vida. Os lobos representam o inimigo de Deus, que é silencioso e aparentemente inofensivo, mas que está o tempo todo aguardando uma oportunidade de nos fazer o mal. O pique representa a Igreja, nossa família e os lugares onde a Palavra de Deus é proclamada, um lugar de segurança onde estará o Bom Pastor , que é Jesus presente nas pessoas.

PESQUISA E COLABORAÇÃO: Prof.ª Luzia de F. G. da Silva – Escola Nossa Senhora da Alegria – Apucarana – Paraná.
FONTE: Site Diocese de Apucarana/ Catequisar.com/http://blogtiale.blogspot.com.br/2010/05/parabola-ovelha-perdida.html


sexta-feira, 12 de abril de 2013

Jesus aparece novamente aos discípulos



Acolhida – Bom dia queridas crianças!! Sejam muito bem vindos.

Queridas crianças , hoje Jesus vem nos fazer uma pergunta bem séria : Ele pode perguntar ? Vocês estão preparados para responder a Jesus ? (Aguardar as crianças responder)

_Você me ama ?

E agora? O que nós vamos responder? Deixa eu ir perguntando . Mas Ele tem outra pergunta para respondermos, vamos ver qual é?

- Você me ama?

Crianças , Ele está nos perguntando de novo se nós o amamos , quanta insistência , vamos responder a Ele ?!

E ainda estou recebendo um bip aqui que Ele ainda tem uma nova pergunta. O que será que Jesus ainda quer saber de nós,depois de termos falado para Ele que o amamos ?

- Você me ama ?

Acho que Jesus quer se convencer de que o amamos. Mas vejam só o que Ele nos fala :

_Se você me ama , cuida do meu povo , da minha igreja , da minha missão .

E hoje tem uma historinha bem bacana para contar... Vocês já ouviram dizer em milagre?? O que seria isso? Milagre
é um acontecimento dito extraordinário!!
Ou seja, Jesus apareceu a seus discípulos novamente, eles estavam pescando lá no rio, e passaram a noite pescando e acreditam... não conseguiram pescar nada! Nenhum peixinho!! Já não tinham mais o que comer, estavam com fome... aí  no dia seguinte Jesus apareceu e mandou eles lançarem a rede do lado direito do barco, e assim eles fizeram, e quase não conseguiram retirar a rede de tantos peixes que tinham pescado!! Acreditam?! Ai eles foram para a terra e dividiram os peixes com os outros. Essa foi a terceira vez que Jesus apareceu aos discípulos depois de ressuscitado.
Então já que nós amamos Jesus e acreditamos nesse milagres, nós devemos seguir a Jesus... Não precisamos abandonar pai e mãe, não crianças. Precisamos agora é aprender tudo que puder sobre Jesus, vocês se prepararem para quando forem adultos possam falar Dele aqui na salinha, lá na catequese, nos grupos de oração... na nossa família .. Por todos os lugares por onde andarmos. Assim estaremos seguindo a Jesus, entenderam?

Vamos então cantar uma musiquinha pedindo a Jesus que fique sempre conosco?


brinquedos.

quarta-feira, 3 de abril de 2013

2º Domingo da Páscoa


 João 20.19-31

ACOLHIDA- acolher as crianças com carinho, podendo cantar desejando a paz.


    
 
 Evangelho-
Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas, por medo dos judeus, as portas do lugar onde os discípulos se encontravam, Jesus entrou e, pondo-se no meio deles, disse: “A paz esteja convosco”.
Depois dessas palavras, mostrou-lhes as mãos e o lado. Então os discípulos se alegraram por verem o Senhor.
Novamente, Jesus disse: “A paz esteja convosco. Como o Pai me enviou, também eu vos envio”.
E, depois de ter dito isso, soprou sobre eles e disse: “Recebei o Espírito Santo.A quem perdoardes os pecados, eles lhes serão perdoados; a quem os não perdoardes, eles lhes serão retidos”.
Tomé, chamado Dídimo, que era um dos doze, não estava com eles quando Jesus veio. Os outros discípulos contaram-lhe depois: “Vimos o Senhor!”
Mas Tomé disse-lhes: “Se eu não vir a marca dos pregos em suas mãos, se eu não puser o dedo nas marcas dos pregos e não puser a mão no seu lado, não acreditarei”.
Oito dias depois, encontravam-se os discípulos novamente reunidos em casa, e Tomé estava com eles. Estando fechadas as portas, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “A paz esteja convosco”.
Depois disse a Tomé: “Põe o teu dedo aqui e olha as minhas mãos. Estende a tua mão e coloca-a no meu lado. E não sejas incrédulo, mas fiel”.
Tomé respondeu: “Meu Senhor e meu Deus!”
Jesus lhe disse: “Acreditaste, porque me viste? Bem-aventurados os que creram sem terem visto!”
Jesus realizou muitos outros sinais diante dos discípulos, que não estão escritos neste livro Mas estes foram escritos para que acrediteis que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais a vida em seu nome.

Partilhar- com as crianças


Acontece que Tomé, um dos discípulos, que era chamado de “o Gêmeo”, não estava com eles quando Jesus chegou.
Então os outros discípulos disseram a Tomé:
 
— Nós vimos o Senhor! 
Ele respondeu: 
— Se eu não vir o sinal dos pregos nas mãos dele, e não tocar ali com o meu dedo, e também se não puser a minha mão no lado dele, não vou crer!
Uma semana depois, os discípulos de Jesus estavam outra vez reunidos ali com as portas trancadas, e "Tomé estava com eles. Jesus chegou, ficou no meio deles e disse: 
— Que a paz esteja com vocês!
Em seguida disse a Tomé:
 
— Veja as minhas mãos e ponha o seu dedo nelas. Estenda a mão e ponha no meu lado. Pare de duvidar e creia!
Então Tomé exclamou: 
— Meu Senhor e meu Deus!
— Você creu porque me viu? — disse Jesus. 
— Felizes são os que não viram, mas assim mesmo creram!" 
Fazer um momento de oração pedindo ao Senhor que aumente nossa fé.
Atividades- desenhos e brinquedos